Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

PARA PENSAR

Imagem
Curitiba volta às manchetes nacionais.
O fato: Um Coronel aposentado - que foi chefe do Corpo de Bombeiros da Capital - está sendo acusado de nove assassinatos. Com a prisão preventiva decretada, entregou-se e está preso.
Histórico: Esse Coronel teve, há questão de dois anos, seu filho assassinado, supostamente por marginais drogados, que com o objetivo de conseguir dinheiro para comprarem drogas, realizaram um assalto e acabaram matando o filho do Coronel, quando deixava sua namorada em casa.
Assunto polêmico que está mechendo com a sociedade.
Questionamentos * Será mesmo o Coronel o responsável pelas mortes? * As pessoas assassinadas estavam envolvidas no assalto e morte do rapaz? * É correto que se faça justiça com as próprias mãos? * Por que chegamos a tanta insegurança e atingimos um número tão alto de pessoas envolvidas com as drogas? * Não seria interessante pensarmos na história em quadrinhos acima?



OUTRA DA JUSTIÇA

Imagem
Agora foi o aumento dos honorários. O presidente do Tribunal de Justiça baixou uma norma aumentando o valor dos serviços dos Cartórios em 45% . Tem-se a impressão que é a justiça fazendo injustiças. Prática estranha do "eu furo eu mesmo costuro". Aumentos e procedimentos que devem ser questionados na justiça. Coisa estranha que nós, meros mortais, não conseguimos entender.

Mas a verdade é que o Paraná passa a ser o Estado da região sul e sudeste que terá os mais altos honorários cobrados pelos cartórios. Isso sem contar que esse serviço é uma "mina de ganhar dinheiro", reservado a poucas pessoas (todas ricas em apessoadas), mas que justificam esta atitude pela necessidade que têm de corrigir as defasagens.

Confesso que não longo de minha existência nunca vi um Cartório entrar com pedido de falência, muito menos de concordata.

A coisa não deve ser assim tão ruim como falam os privilegiados.

CURIOSIDADES DO BBB

Imagem
Lendo a crônica "A Vergonha" de Luiz Fernando Veríssimo, que comenta o BBB, fiquei preocupado por dois motivos: as barbaridades que nos revela, (quando fala do programa da Globo) e por que a crônica me foi encaminhada, por e-mail, por um amigo paraguaio.

Mas Veríssimo faz considerações estarrecedoras sobre o BBB. Comenta a imoralidade que campeia solta e a banalização do sexo ali presente, afirmando que não é possível assistir àquelas cenas ao lado dos filhos.
Critica a submissão de Pedro Bial (diz estar decepcionado com ele), pois aceitou coordenar essa vergonheira toda, submetendo-se a chamar aqueles participantes de heróis e prometendo aos telespectadores a criação de um zoológico humano divertido, com figuras humanas das mais sortidas e típicas: gays, lésbicas, heteros, todos na mesma casa.
Afirma que são 15 os animais ali presentes: "o judeu tarado, o gay afeminado, a dentista gostosa, o negro com suingue, a nerd tímida, a gostosa com bundão, o modelo Mr. Maringá, …

ACABOU A BRIGA

Sou eu que vou aos supermercados. Conheço quase todos os de Curitiba e nunca me apego a um deles apenas.
Existem redes poderosas que se espalham pelos mais diversos pontos da capital: Wall Mart (absorvendo o Big e o Mercadorama), Extra (Pão de Açúcar), Carrefour, Condor e uma diversidade de outros menores. Antigamente, na loucura de conseguir clientes, essas redes assumiam o compromisso de cobrar o preço da rival, se fosse constatado que o preço do produto que vendiam estava mais caro.
Hoje aboliram esse procedimento e a impressão que se tem é de que não estão mais nem aí com a concorrência. Cada um está colocando o preço que quer e o consumidor que compre se quiser.
Mesmo assim, todos os supermercados estão sempre lotados. Ninguém parece mais pesquisar preços e é fácil encontrar diferenças enormes entre os valores comercializados. Só para exemplificar: o mesmo pacote de bolachas num supermercado era vendido a R$ 1,92 e em outro, a R$ 2,45.
Material escolar então é um abuso. No Big, dias…

DICAS

Imagem
Para quem está programando alguma viagem de descanso, sugiro Itacaré, que fica no sul da Bahia. Estive lá recentemente, pois o meu filho Fausto e a Cláudia, minha nora, administram uma pousada nessa cidade. Se quiserem conferir, acessem: www.pousadapiratas.com.br.

Pode-se ir de carro, se o desejo é conhecer mais cidades pelo caminho. Se desejar uma viagem mais rápida, todas as linhas aéreas brasileiras chegam a Ilhéus, distante 70 quilômetros de Itacaré.
As belezas das praias dessa região são indescritíveis. O local é muito procurado por turistas do mundo inteiro, particularmente franceses, alemães e italianos. Os preços muito acesíveis.
Se estiver com vontade, não perca!
Nota: foto arquivo particular - Itacaré - BA.

GEOGRAFIA

Imagem
Todas as cidades têm seus rios:
Roma debruça-se sobre o Tibre,
das pontes de arcos antigos.
Paris ostenta o Sena,
cheio de encantos e namorados.
Lisboa se orgulha do Tejo, dos tristes fados.
Madri tem o seu Manzanares,
pequeno para uma cidade tão grande.
Bagdá, o belo Tigre,
dos inesquecíveis jardins supensos.
Curitiba, o Belém,
que mata o Iguaçu no nascedouro.
Assuncion, o Paraguai,
do pantanal brasileiro.
Londres o seu Tamisa,
da ponte e do Big Ben.
O Hudson descansa em Nova York,
ele que já teve duzentos metros de fundura,
está hoje assoreado.
O Amazonas passa por Belém e termina no mar,
depois de banhar Manaus
e criar a pororoca.

Todas as cidades têm seus rios,
São Paulo exigiu que lhe dessem dois:
o Pinheiros e o Tietê,
um só seria pouco para poluir.
Em Porto alegre há o Guaíba,
que até parece um lago.
O Nilo passa banhando Cairo,
o Danúbio toca valsas saudosas
em Viena, Budapeste e Belgrado.
Buenos Aires a estender-se no Rio da Plata,
que exigiu três rios para se formar.
Tóquio, o To…

REFLEXÃO

Imagem
Assistindo as imagens de televisão que mostram os estragos de Teresópolis, Nova Friburgo e Petrópolis, fiquei emocionado. Três cidades antigas, bonitas, produtivas e organizadas, quase desapareceram. Isso nos leva a pensar o quanto a natureza está revoltada. São emoções, choros, revoltas, pessoas completamente desorientadas, que trabalharam a vida toda para conseguir o seu lugar e o perderam em instantes.
Quando assistimos desmorronamentos nos morros e favelas do Rio de Janeiro, ou alagamentos, nas periferias de São Paulo, entendemos e facilmente se justifica os motivos das catástrofes: lugares impróprios e áreas irregulares que nunca deveriam ser ocupados para a construção de casas.
Mas o que aconteceu nessas três cidades é um acontecimento diferente: a destruição não poupou pobres, ricos, poderosos, velhos, jovens e crianças. Levou tudo, prédios, casas e barracos, como a dizer: saiam daqui, procurem outro lugar, deixem este aqui em paz.
Aos pegos de surpresa não restou outra coisa:…

RECOMENDAÇÃO

Imagem
Estou lendo o livro "1808", do jornalista maringaense Laurentino Gomes. Sempre via essa obra entre as mais vendidas, mas não imaginava o porquê desse sucesso de venda. Precisei receber como presente de natal da minha filha Felipa e do genro Gelson, para descobrir os motivos de tanta valorização.
Somente vai entender o seu valor, quem realmente o ler. Em resumo, mostra "como uma rainha louca (D.Maria I), um prícipe medroso (D. João VI) e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal e do Brasil".
Aconselho a leitura, pois com ela saberemos mais do que nunca valorizar o nosso país e agradecer D. João VI, pensamento que não aparece evidenciado no filme Carlota Joaquina, de Carla Camurati.
Leiam, não se arrependerão!

NEGÓCIOS NO FUTEBOL

Imagem
Está ocorrendo um retorno de astros do futebol brasileiro. Isso raramente acontecia até bem pouco. Normalmente os atletas envelheciam e encerravam suas carreiras pela Europa.

São recentes os retornos de Ronaldo, Roberto Carlos, Fred e até um brasileiro naturalizado português, Deco, que por vários anos jogou pela seleção portuguesa.

Voltam mais experientes, mas sem aquele futebol que os consagraram. Mesmo assim, os torcedores vão aos estádios porque eles ainda despertam curiosidades. Os times que os contratam têm altos resultados financeiros.

Mas um retorno diferente está acontecendo com o Ronaldinho Gaúcho. Criaram um leilão, cujo objetivo é ganhar mais, e isso torna o esporte uma atividade mercenária. A torcida gremista, que o tinha como aquisição certa, saiu às ruas decepcionada para apupá-lo.

Eu gostaria que esses jogadores geniais retornassem, mas que não ocorresse essa barganha que sempre mais desacredita e diminui a paixão brasileira.


CONTRASTES

Imagem
Curitiba é uma cidade admirada e comentada por todos os lugares. Conhecida na Europa, nos EUA e na Ásia, é a cidade mais européia do Brasil. Realmente, visitando outras capitais brasileiras, podemos logo notar nítida superioridade da capital paranaense. Não foi sem motivo, que a Revista Forbes à classificou como a cidade mais inteligente do Brasil.
Mas apesar de tantos atributos e ostentar um centro dotado de ruas, avenidas, prédios e arquitetura invejáveis, capazes de extasiar qualquer turista, grande parte da periferia sofre de problemas crônicos.
Vou citar apenas um: Curitiba quase não tem calçadas nos bairros. A Prefeitura, sem uma razão justificável, simplesmente não constrói calçadas. Atribui a responsabilidade aos donos dos terrenos. Por esse motivo, ocorre uma bagunça generalizada. Os que constroem não obedecem as normas e as consequências disso é uma diversidade de calçamento, sem qualquer padrão e quase sempre mal executado, que, ao invés de embelezar, deixa até feio.

Quando…

FESTA DA VIRADA

Imagem
Passei o "Revellion" em Florianópolis. Conheço essa cidade há muitos anos. A linda e atraente Florianópolis, "a ilha da fantasia", com dezenas de praias, ao gosto e poder de seus frequentadores!

Mas confesso que sinto uma certa nostalgia da Florianópolis antiga, aquela anterior ao tempo de ser chamada Floripa. As belezas e a tão decantada qualidade de vida, trouxeram os inúmeros problemas que enfrenta hoje.

Na temporada, sua população triplica. Some a tranquilidade do "manezinho". As ruas e estradas ficam entupidas. O barulho e a baderna tomam conta de todos os lugares. As praias viram lixo. O argentino - irreverente, extravagante e mal-educado - apossa-se de Ingleses e adjacências. O policiamento não consegue fazer quase nada.

Regozijam-se as imobiliárias, os supermercados, o comércio, tentando convencer o morador de que essa desordem é necessária para que a sobrevivência seja garantida no período das vacas magras.

Não assisti a queima de fogos da Avenida …

POSSE DO SECRETÁRIO

Imagem
Estive presente, ontem, à posse do novo Secretário de Estado da Educação do Paraná. Como pessoa ligada à educação, gostei do posicionamento e das propostas do Dr. Flávio Arns.
Mas duas chamaram-me, particularmente, atenção:
a) implantar educação de tempo integral em 500 escolas paranaenses, selecionadas pelo critério de baixo IDH, até o final do mandato;
b) criar um instrumento de contratação de professores para que o ano letivo inicie sem o eterno atropelo e desorganização de sempre.

Sobre o primeiro assunto, claro que todos nós gostaríamos que o tempo integral fosse implantado em todas as escolas. Seria uma maneira mais justa, no entanto, parece que se começa com os pés no chão.
Todavia, é claro que uma criança - frequentando escola de tempo integral - chegará com muito mais conhecimento no final do ano.
Criar-se-á um problema que gostaria de saber a forma como será resolvido: as transferências. O aluno que vem transferido de uma escola de tempo integral e ingressa numa normal, estará …