Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

AS COISAS MUDAM

Percebi que os passeios daquela senhora haviam diminuído. Antigamente, quando os trinta dias de férias, após um ano de trabalho estavam por vir, ela deixava transparecer sua expectativa, torcendo para que chegasse logo. Gostava de passear. Durante as férias, seu hábito era visitar parentes, irmãos, cunhados e até primos e primas. Conservava aqueles laços de parentesco através de visitas que fazia anualmente. Esse procedimento lhe proporcionava prazeres que também eram partilhados pelo marido e pelos visitados. 
Nesse ano, notei que havia mudado de comportamento. Ao se aproximar o início do descanso, não estava mais com aquele entusiasmo do passado. Não conversava com os colegas de trabalho, como sempre fizera,  informando-os dos passeios que programara, nem esparramava transbordamentos de alegria pelos corredores. 
No último dia das mais recentes férias, nem se despediu. Realizou um adeus melancólico, diferente das antigas saídas. Disse apenas que ficaria descansando e ocuparia também o…