Postagens

Mostrando postagens de Março, 2012

CRÔNICA PARA OS 319 ANOS

Imagem
Olho Mágico
Curitiba comemora, hoje, 319 anos. Morar aqui nesta cidade é uma satisfação. Só entende o quanto ela é respeitada, evoluída e admirada quem viaja para outros lugares. Nessas ocasiões temos a possibilidade de comparar e sentir que estamos bem a frente. Todos, imediatamente, associam a cidade à limpeza, à ordem, ao frio, aos monumentos famosos que possui. Lembram suas praças organizadas e avenidas largas. A capital mais européia do Brasil. A maior cidade do sul do país.
Mas, aliado a tantas qualidades, Curitiba também tem os seus problemas. Já não vivemos mais naquele mar de tranquilidade! Por todos os lados - do centro aos bairros - convivemos com problemas de segurança, drogas, assassinatos, assaltos e perturbações do sossego antigo. São problemas que aumentam e amedrontam seus habitantes.
Ao lado das belezas de um Jardim Botânico, de um Parque Barigui, de uma Ópera de Arame, de um Passeio Público, de um Parque Náutico do Iguaçu, ou das luzes e cantos de um Palácio Avenida,…

PERDA IRREPARÁVEL

Imagem
Dizem que "os cemitérios estão cheios de insubstituíveis". E que apesar disso tudo, a vida continua seu ritmo.
Pois bem, existe também aquele  ditado de que "não há regra sem excessão". Chico Anisio foi. Quem existe para substitui-lo? Não vejo ninguém. Chico Anísio é um daqueles que podemos considerar  excessão. Quem, no mundo, conseguiu representar 209 personagens diferentes? Todos originais, todos sensacionais, criativos e diferentes? Não sei. Não conheço. Nunca ouvi falar! É uma perda! É uma pena! Chico Anísio é excessão! Saudade do Professor Raimundo...!

SEJA ESPERTO

Imagem
Uma receita econômica: compre barras de chocolate de 300 gramas, derreta e faça ovos de páscoa.
Por quê, essa receita? Porque as fábricas de chocolate e seus revendedores estão roubando. Vejam só: uma barra de chocolate de 300 gramas custa, no máximo, R$ 4,00. Um ovo de chocolate, com o mesmo peso, está sendo vendido entre R$ 20,00 e 25,00. Isso é um absurdo, um assalto ao consumidor! O que precisava ser feito era ninguém comprar esses ovos de preços exagerados para que os larápios sentissem que o povo não é bobo. Não sei se esse valor já vem da fábrica ou se são os vendedores finais que estão se aproveitando de uma data festiva. A verdade é que como nenhum órgão público controla esses abusos, o povo deveria fazer. Aposto que as coisas mudariam. Vamos comprar barras de chocolate e deixar que os ovos apodreçam.

AMÉM, BLATTER

Imagem
O Brasil sapateou, sapateou, esperneou, gritou e acabou concordando com tudo. Ganhou a FIFA.
Até achava que iríamos endurecer depois que aconteceram aqueles imprevistos e desentendimentos com o Jeromê.
O Brasil aceitou as imposições: vai ter cerveja nos estádios e teve churrasco com costela e picanha, no encontro da Presidenta com o Presidente. Junto, um monte de políticos.

As obras que estavam atrasadas, agora - num toque de mágica -, não estão mais, no dizer de Josef Blatter. As reformas e construções dos estádios tudo às mil maravilhas!
Tudo mentira para inglês ver! Para tentar enganar o povo.
Acho que quem devia receber um “pontapé na bunda" era a FIFA. Faltou audácia!
A Dilma devia ser corajosa suficiente para dizer que fossem fazer a copa em outro País. Mas não, acovardou-se, passou um pano de veludo em tudo.
Estaremos reformando e construindo “elefantes brancos” (os estádios)  que ficarão ociosos depois. Por causa dos atrasos, as infra-estruturas que prometeram para as cid…

IDEALIZANDO

Imagem
Logo pela manhã bem cedo levanta para fazer o café. Enquanto eu gasto o tempo com a higiene, ela desce rapidamente para preparar as coisas. Não demora dez minutos e está pronto. Acomodo-me à mesa para a primeira refeição. Ela já está cuidando de outras coisas. A cama vai sendo arrumada. A janela do quarto aberta traz sol e vento, eliminando o ranço da noite.
Entende que sempre tenho um dia inteiro pela frente. Começo de um dia, muitas coisas para serem feitas. Já fora mulher completa a noite toda: abraços, beijos, soluços, mimos, sexo demorado. Compromissos simples, mas que somente ela sabia torná-los importantes. Não se sentia pequena pelos mais humildes, nem se engrandecia quando executava atividades difíceis.
Idéias machistas e complicadas essas minhas!

RÉVEILLON DIFERENTE

Imagem
Conversei com um dos participantes do “Réveillon” Fora de Época que aconteceu na Praça da Espanha, em Curitiba, na noite do dia 03/03/2012.
O encontro, realizado pela maioria absoluta de jovens, tem uma participação significativa. Uma comemoração meio estranha, mas que tem sentido e explicação: comemorar o verdadeiro ano novo, pois, na opinião deles, o Brasil apenas começa o ano depois do carnaval.
Tudo nessa comemoração é diferente. Estranho para grande parte da população. Os moradores das imediações não são muito favoráveis,  porque durante o encontro têm  assegurado uma noite acordada.
Mas o que fazem esses jovens ali? Antes do encontro, trabalham na internet. A divulgação da festa é feita assim. Marcam os encontros através das redes sociais como o facebook, orkut, e-mails, twitter. Confirmam presenças e acabam se encontrando.
Vão chegando e se acomodando. Sem luxo, bem ao estilo jovem. Conversam, bebem, ouvem músicas, falam sobre mulheres, (e vice versa), embriagam-se; algum basea…

A GUERRA DO FIM DO MUNDO

Imagem
Acabo de ler o livro “A Guerra do Fim do Mundo”, de Mario Vargas Llossa – Prêmio Nobel de Literatura. Escritor peruano que encantado com o livro “Os Sertões”, de Euclides da Cunha, dedicou-se à pesquisas e viagens pelo sertão brasileiro onde ocorreram os fatos e acabou escrevendo essa obra genial.
A Guerra do Fim do Mundo conta detalhes que encantam e emo-cionam. Não tão objetivo quanto “Os Sertões”, consegue, todavia, mostrar o fascínio e o poder que “Antônio Conselheiro” exercia sobre  todos os seus seguidores. Transformou jagunços perigosos, malfeitores e criminosos em seus maiores defensores. O povo pobre do norte da Bahia e Sergipe consideravam-no um enviado de Deus. Todos deram suas vidas pelo Beato.
Antônio Conselheiro não foi morto pelo exército que tomou e destruiu Canudos. Morreu dias antes, acometido de uma diarréia que o matou lentamente. Sua morte não foi comunicada. Aos seguidores e habitantes de Canudos foi dito que havia sido levado para o céu. Enterraram-no sigilosame…

NEGÓCIO BEM SUCEDIDO

Imagem
O pastor da igreja “Tabernáculo da Fé” falava ao telefone. Trocava notícias com seu colega da igreja “Só o Senhor Resolve”. Estava exultante, pois naquela tarde o salão estivera cheio e a ar-recadação fora maravilhosa. Há meses isso vinha acontecendo.  Já planejava abrir novo local num bairro vizinho. O chefe da “Só o Senhor Resolve”, congratulava-se com o amigo e também estava eufórico. Abençoava o momento que tivera a idéia de fundar uma igreja. Abandonara sua profissão de médico e não estava arrependido. Já se preparava para inaugurar o quarto local de "cultos e arrecadações".
Negócio bem esse de criar igreja – conclui!

O VIGIA

Imagem
Vejo-o todos os dias, há quase quinze anos, sentado ali. Na esquina da Rua Paulo Setúbal, com outra que declino do nome. No bairro do Hauer. Devia ter uns cinquenta anos na época que o conheci, e edificavam um prédio comercial cuja construção se arrastou por vários anos. Para mim, ele era o guarda da obra. A maior parte do tempo passava sentado, observando os carros que trafegavam pela rua, bem à frente.
Quando o prédio ficou pronto e alguns comércios se estabeleceram no lugar, continuou na sua antiga postura: sentado numa cadeira de madeira velha, acenando para os conhecidos que cruzavam. Com o tempo, passei a cumprimentá-lo também, porque era quase obrigatório ter que parar naquele semáforo, todas as manhãs, quando me dirigia para o trabalho.
Nossas relações nunca foram além desses acenos. Certa manhã vi-o de pé. Caminhava lentamente demonstrando sentir dores. Visto nessa postura, aparentava ser mais magro. No intervalo do sinaleiro fechado, percorreu com dificuldades toda a extensã…

A CHINA ACORDOU

Imagem
Somos protagonistas de uma guerra diferente. Uma minoria sa-be que ela existe e quase ninguém consegue perceber o quanto é devastadora.
Poucos sabiam e ninguém, até agora, havia entendido a reco-mendação de Napoleão Bonaparte: deixem a China dormir, alertando para que não a acordassem. Só agora se consegue entender o real sentido e a visão profética do famoso Imperador Francês.
Pois bem, não sei se a acordaram ou se o sono terminou. A ver-dade é que ela já estendeu seus tentáculos pelo mundo e começa o trabalho vagaroso e planejado de domínio completo.
O exército que utiliza é a sua população (mais de um bilhão de soldados). Essa população nem sabe o que está fazendo e para quem. Feita escrava, trabalha para sobreviver, por ninharia. Sente-se feliz porque tem um emprego.
Em consequência desse trabalho explorador (na China não há greve de trabalhadores), os produtos se tornam baratos e as in-dústrias do mundo não conseguem competir. Estão indo à falência, às voltas com os exageros de i…