Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2012

A RECEITA

Imagem
- Não há outra solução: precisa diminuir a comida!
Este foi o diagnóstico do médico que atendia o paciente. A vítima aguardava como uma sentença de morte as palavras do profissional. Notara na fisionomia do médico que os resultados dos exames não lhe agradaram. Palavras de doutor calam sempre fundas! São como punhais que penetram e vão cortando tudo. Sentenças que diagnosticam os problemas e exigem medidas.
- Diminuir a comida? – falou o paciente já de ombros caídos parecendo que o mundo havia desabado sobre seus ombros. - Exatamente! Seu organismo não precisa de tanta coisa. Gula pura, a sua! - Valha-me Nossa Senhora...! - Cortar o açúcar. Abolir a gordura. Nunca misture macarrão com arroz. Refrigerante zero. Produtos ligths. Abuse das verduras. Consuma frutas. - Eu já imaginava que alguma coisa não estava bem! - Leve este pedido de exames. Daqui há quatro meses retorne com os resultados. - Quatro meses de sofrimento! - Não me apareça diabético! Depende tudo de você! - Obrigado, doutor …

FALANDO DO PASSEIO

Imagem
Para quem coordenou a construção de um Clube Recreativo, porque na cidade não tinha onde dançar nem pular carnaval, é difícil explicar a mudança que se instalou. Pois é, não vi o carnaval passar este ano. Não pulei, não acom-panhei nada na televisão. Ouvi, apenas ao longe, as batucadas que chegavam abafadas.



Fui conhecer a Chapada dos Veadeiros, no município de Alto Pa-raíso, estado de Goiás. Hospedei-me, por dois dias, na cidade esotérica de Alto Paraíso.

Logo na chegada, um monumento em forma de disco voador dá as boas vindas, como a querer dizer que as coisas ali não são muito terrenas.
Os habitantes continuam afirmando que os extraterrestres - que deveriam ter chegado no final de 2000 - agora marcaram o fim do mundo para o dia 21 de dezembro vindouro.
Alto Paraíso (entrada)
Logo na chegada, enquanto me preparava para almoçar, fui a-bordado por uma senhora que pediu licença para declamar um poema, que disse ser seu. Meio surpreso, consenti. Falava da ci-dade de antigamente, da simpl…

TRATAMENTOS DIFERENTES

Imagem
O bairro é um dos bairros nobres da capital: Batel. O local, uma rua pequena com duas quadras apenas. Os prédios, edifícios de alto luxo, com no máximo dois apartamentos por andar, porteiros eletrônicos e vigias por todos os lados. Árvores enormes e frondosas sombreando os dois lados, dão uma típica conotação curitibana de agradabilidade, sossego e segurança.
Pois nessa rua, sim, nessa rua, o vento, numa dessas tempestades de verão, quebrou um galho de uma das árvores frondosas, jogando-o na via, com parcial interrupção do trânsito, ocasionando falta de energia e telefone nos prédios.
O surpreendente que, dez minutos depois do acidente, um verdadeiro esquema de guerra estava montado. Vieram dois caminhões guincho, um carro da copel, gente dos telefones, carros da prefeitura com uma quantidade de cones que rapidamente foram esparramados interditando a rua. Motosserras roncaram a tarde toda. Um caminhão próprio para carregar detritos foi enchendo com os galhos e folhas que eram cortados.…

REMÉDIO DELEITOSO

Imagem
A notícia apareceu na Gazeta do Povo de hoje (08/02/2012).
Confesso que li e fiquei perplexo, mas muito entusiasmado.
Vejam só a manchete: “Olhar seios dá mais anos de vida a homens.”
É um comentário feito no caderno Saúde desse jornal, resultado de uma pesquisa realizada na Alemanha, na cidade de Frankfurt.
As conclusões dessa pesquisa foram publicadas no New England Jornal of Medicine e concluem que se o homem olhar os seios femininos por 10 minutos diários, poderá prolongar sua vida em até cinco anos.
A doutora Karen Weatherby realizou esse trabalho com 200 homens em três hospitais. Os que receberam a orientação de manter o hábito de olhar os seios femininos por dez minutos diários,  durante cinco anos, tiveram como resultado a diminuição da pressão arterial e uma acentuada redução das doenças coronarianas.
Essa doutora explica o motivo: “a excitação sexual acelera o coração e melhora a circulação do sangue.”
Depois dessa revelação e disposto a praticar um exercício tão agradável e e…

NO BRASIL, FUTEBOL É RELIGIÃO

Recebi de uma amiga, por e-mail, este texto cujo autor é  Ed Rene Kivitz. Sua leitura nos oferece muita coisa para pensar e discutir. Razão de transcrevê-lo. "No dia 1°/Abr/2010, o elenco do Santos, atual campeão paulista de futebol foi a uma instituição que abriga trinta e quatro pessoas. O objetivo era distribuir ovos de Páscoa para crianças e adolescentes, a maioria com paralisia cerebral.
Ocorreu que boa parte dos atletas não saiu do ônibus que os levou.
Entre estes, Robinho (26a), Neymar (18a), Ganso (21a), Fábio Costa (32a), Durval (29a), Léo (24a), Marquinhos (28a) e André (19a) todos ídolos super-aguardados.

O motivo teria sido religioso: a instituição era o Lar Espírita Mensageiros da Luz, de Santos-SP, cujo lema é Assistência à Paralisia Cerebral. Visivelmente constrangido, o técnico Dorival Jr. tentou convencer o grupo a participar da ação de caridade. Posteriormente, o Santos informou que os jogadores não entraram no local simplesmente porque não quiseram.
Dentro da insti…

GREVES CÍCLICAS

Imagem
Não sei se já pararam para analisar, mas existem greves que acontecem todos os anos. Foi a maneira que os trabalhadores descobriram para conseguir algum aumento salarial. Aqui em Curitiba - acho que em outros lugares também -, há a greve anual dos transportadores de valores, a greve dos funcionários dos correios, a greve dos bancários. Existem outras que não me lembro agora.
Pois bem, vamos analisar individualmente: a dos transportadores de valores é um movimento diretamente ligado às instituições bancárias e empresas de grande porte. Como estratégia, o representante dessa instituição começa o trabalho de alerta uns dois a três meses antes. Pede aumentos e reposições salariais. Evidente que os envolvidos se negam a atender o pedido. Alegam se tratarem de reivindicações abusivas, impossibilidade de caixa. Aquelas desculpas esfarrapadas que todos já conhecem.
A dos funcionários dos correios não é muito diferente. Se os primeiros são prestadores de serviços mais ligados a bancos, estes t…

A ARTIMANHA DAS SACOLAS PLÁSTICAS

Imagem
Eles não têm pressa, mas não param. Vão elaborando seus planos e aplicando-os no devido tempo. Quando uma forma de ganhar dinheiro já está estabilizada e o povo acostumado, partem para outros lucros.
Técnicas eles têm muitas e o alvo é sempre o “povão”.
Mudam o peso nas embalagens colocando letras bem pequenas. Alteram o tamanho dos produtos. Colocam umas gramas a mais de água nos congelados. Retiram de circulação um produto e criam novas embalagens, quando sentem que o lucro está diminuindo ou a venda caiu.
E o “povão” vai de roldão. Sem condições para analisar e perceber os objetivos das empresas - as artimanhas que criam para ter sempre mais lucros -, compra e acha bom (pode até xingar no começo, mas se acostuma).
O mais recente abuso é o caso das sacolinhas plásticas. Articulam com o governo para - em nome do meio ambiente -, abolir o seu fornecimento nos supermercados. Vão disponibilizá-las, mas quem quiser vai pagar por elas.
O governo entra na deles e concorda, estipulando até …

O SILÊNCIO DA IGREJA

Imagem
Sempre ouvi dizer e também concordava, que a Igreja é muito importante na condução do mundo. Ao lado da família, sempre foi  quem se preocupou com os princípios éticos e morais, combatendo os desvios e ensinando as coisas certas. Fazer e pregar o bem não só para ter o céu como recompensa, mas, principalmente, para tornar possível a vida na terra.

Essas preocupações geravam normas e regras que eram repassadas insistentemente aos seguidores, num constante trabalho de educação religiosa voltado para os bons princípios.

Para a propagação desses costumes utilizavam-se os mais diversos recursos. Nos sermões das missas e cultos, nas reuniões pastorais, nos encontros da juventude, enfim em todas as situações e oportunidades.

Esse procedimento - não sei por que motivo -, desvirtuou-se. Tem-se a impressão que a Igreja está com medo de ser dura e perder seus seguidores. Parece estar ingressando no caminho da superficialidade, no medo de encarar a realidade e por essa razão, cai no “pecado da omis…