Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2010

ATUALIZAÇÕES

Na passarela cada vez mais amarela,
circulam flores de todas as cores.
PRIMAVERA, quem me dera!

CIRCO

Neste domingo, meio sonolento, fiquei procurando um programa na TV que pudesse me tirar o sono e alegrar a tristeza que é um domingo, no seu final de tarde. Deparei-me com a TV Brasil que estava apresentando uma demonstração de circo. Poucas pessoas tem o dom de usar trapézios, esteiras, escadas, globos da morte. Fiquei extasiado com o que assistia e mais uma vez fui levado a admirar essa apresentação que anda tão sem estímulos. A beleza e simplicidade das músicas, a alegria estampada nos rostos de todos os artistas, a maleabilidade dos corpos que realizavam apresentações quase impossíveis! Circo é circo, alguma coisa devia ser feita para impedir o seu desaparecimento!

COMEÇO

A sua pequena mudança, coube na carroceria de uma camionete, que fora emprestada do tio para aquela viagem. Eram só alguns tarecos essenciais: uma cama de solteiro com colchão duro, um fogão que a mãe comprou, as vestes que tinha e que eram poucas, alguns pratos, um ferro de passar roupas, a sanduicheira que ganhara da madrinha, poucas talheres, duas ou três panelas, para preparar a comida de estudante, alguns CDs dos preferidos. Havia um rádio de cabeceira da marca Philips, alguma coisa a mais, não sei se tinha, só uns livros e um pouco de dinheiro. Contentou-se assim, quis Florianópolis!

A FALTA

Faz pouco tempo que as aflições cessaram,
foi até necessário esse passamento.
Descansaram os vivos,
descansou o que estava morrendo.

Restaram as recordações de mais de meio século
que são recuperadas a cada instante,
nas conversas,
no silêncio da noite
feito um livro imaginário,
que lentamente é virado de folha em folha.

Agora momentos bons!
Dizem que "dos mortos ninguém fala se não o bem."

Como ele era importante!
Como alegrava a casa!
Resolvia todos os problemas!
Tinha carinho para a esposa,
para as filhas,
para os amigos,
para todos!

Não demonstram,
mas agora choram a sua partida,
não imaginavam as consequências da falta,
e a sua ida sem volta.

Não sabem preencher os espaços que estão vazios.
Têm medo de abrir a porta para ganhar o mundo.
Falta-lhes o hábito de fazer conta,
nem aprenderam a contar dinheiro,
vivem a remexer lembranças,
o tempo inteiro.

Estão a chorar em cada canto,
dominadas por um pranto,
que não sai e angustia.

No rolar dos dias,
ficam a cultivar a solidão
não sab…

A JUSTIÇA PUNE

Brincadeira, os jornais noticiaram hoje que vai ser aplicada uma pena ao Ministro do Supremo Tribunal Federal, Paulo Medina.
Motivo: dizem que recebeu propina (rima com Medina).
Pena: como castigo vai ser aposentado compulsoriamente, recebendo 25 mil reais por mês.
Dá para entender? Sinceramente não dá, mas é possível ficar fazendo suposições: se deixá-lo na ativa vai receber muito mais, certamente não com salários, mas dando continuidade ao trabalho que lhe era habitual. Esse será o castigo: vai poder receber só os 25 mil mensais.
A justiça está uma vergonha! Uma vergonha! Vendem-se descaradamente e não se faz nada.
Só para exemplificar: neste final de semana um motorista bêbado perdeu a direção do carro que dirigia, na cidade de Colombo, e matou duas pessoas, a mãe de 28 anos e a sua filhinha, mas foi preso no ato. Esse matador era uma pessoa pobre, dirigindo um carro velho.
Há dois anos o ex-deputado Ribas Carli, também embriagado dizem, passou por cima de um carro a 170 quilômetros por…