O MENSAGEIRO DO VENTO

Lá fora o mensageiro do vento não para...
Pedaços de bambus que se juntaram,
ligados com muitos fios.
Instrumento estranho,
que não é sino, nem relógio,
informando que tem vento.

Bate lento...
Bate forte...
Seguindo a aragem do Sul.

Chora lento...
Criando sons diferentes,
se  tem chuva,
ou se  tem sol.

Velhos bambus centenários,
desse meu estranho instrumento,
que dão notícias do vento,
que informam a temperatura,
transmitindo um choro seco
e também o choro chocho,
anunciando notícias boas,
ou  possíveis desventuras.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O MANEZINHO E O COLEIRINHA

FLORES DE MAIO

TRABALHANDO EM BELÉM II