HINO NACIONAL

O nosso Hino Nacional é uma dos destaques nesse período de Copa do Mundo. Nos estádios, antes das partidas do Brasil, todos se entusiasmam e cantam, imbuídos de um patriotismo que contagia. 
Poucos, porém, entendem o real significado da letra. Escrito numa linguagem indireta, utilizando palavras às vezes difíceis, o cidadão brasileiro vai cantando sem entender o real significado do que se pretendeu dizer.

Só para exemplificar, transcrevo a primeira estrofe:
Ouviram do Ipiranga as margens plácidas,
De um povo heroico o brado retumbante,
E o sol da liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da Pátria nesse instante.

Colocando a estrofe numa ordem direta, ficaria assim:
As margens plácidas do Ipiranga
Ouviram o brado retumbante
De um povo heroico
E o sol da liberdade brilhou no céu da Pátria,
Nesse instante.


Estranho, mas mais fácil para ser entendido. E a ordem indireta é utilizada na maioria das estrofes do Hino. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O MANEZINHO E O COLEIRINHA

FLORES DE MAIO

LEMBRANDO MINHA IRMÃ