DIA DO PROFESSOR

Ouço, leio e assisto, desde bem cedo, homenagens ao professor, o protagonista principal deste dia. Nas conversas de rádio o locutor pergunta aos seus ouvintes se recordam do primeiro ou da primeira professora. E todos dizem que sim. Um sentimento de lembranças boas e cheias de saudade. O mestre é homenageado com sentimentos de carinho, pois todos foram bons na opinião dos que falam.
Mas na superficialidade desses sentimentos que se externam, vejo o outro professor. O professor sofrido, injustiçado, com a dignidade perdida, recebendo salários miseráveis e que está perdendo a vontade de ensinar. O professor que não suporta mais as salas de aula, neurastênico e estressado. O professor que ouve dos seus alunos, principalmente nas escolas particulares, que não passam de meros empregados, que necessitam aprovar para não serem demitidos.
A impressão que se tem é a de que o professor atual está vivendo uma tragédia. Estão doentes, sofrem da "Síndrome de Burnout", que se caracteriza pela perda da vontade de ensinar.
Enfrentam uma jornada estafante, uma formação profissional precária e um sistema de trabalho torturante. Não querem mais enfrentar a sala de aula, estafados pela sobrecarga de horas aulas a que estão submetidos, em um trabalho, via de regra, sem resultados no decorrer de suas carreiras.
Mesmo assim, Professor, parabéns pelo seu dia!

Comentários

Ilza Polini disse…
È professor Mario, era bem nisso q eu pensava hj cedo qdo lembrei q era o nosso "Dia".O que mesmo comemoramos hoje? Continuamos a ter formação precária (inclusive a dita continuada)que "continua" a ser ainda precária, professores que adoecem no corpo e na alma, e aquilo que devia ser motivo de alegria vira tormento, sofrimento desolação.Longe de sermos o "senhor" professor do passado perdemos o respeito não só dos aluno, mas dos pais e em alguns casos da própria sociedade. As familias delegam responsabilidades à escola se eximindo das suas próprias, entre outras tantas mazelas pelas quais passamos...
Repito: O que memso comemoramos? A todos nós comprometidos com o futuro do país e de nossas crianças mesmo assim, Feliz Dia do Professor!!
Vilminha disse…
Olá, Hoje dia do professor e nem feriado é mais, até isto foi tirado.
Mas, na contramão e como sempre dizem que sou "Do Contra" ainda pretendo ser professora e professora de Artes. O que se vê por aí é um descrédito em toda a profissão tanto do professor quanto da sociedade.

Postagens mais visitadas deste blog

O MANEZINHO E O COLEIRINHA

FLORES DE MAIO

LEMBRANDO MINHA IRMÃ