APRENDENDO A ESCREVER

No encontro do CODISE – Colegiado Nacional de Diretores e Secretários de Conselhos Estaduais de Educação, do qual participei, no final do mês passado, em Maceió, uma das palestras que tivemos foi apresentada pela Cíntia Cristina Faulhaber – Secretária-Geral do Conselho de Educação do Distrito Federal. O tema: Informação Técnica e Produção Textual.

Num resumo rápido: a palestrante debatia, explicava, dava orientações para se chegar à confecção de um bom texto, capaz de transmitir “informações técnicas, qualidade, transparência, verdade e probidade, mas, principalmente, argumentos que possibilitassem a devida compre-ensão.”

E para se fazer entender, lançou mão de muitas frases que foram ditas por escritores conhecidos:

- “Para escrever bem, escreva.” – Alessandro Martins,  no livro "Livros e Afins".

- “Aprendi que, quando se começa, plagiar não faz mal nenhum. Copiei descaradamente muitos escritores, Monteiro Lobato, Viriato Correa e outros. Não se incomodaram com isso. E copiar me fez muito bem.” – Moacyr Scliar.

- “O melhor amigo do escritor é a lata de lixo.” Isaac Bashevis Singer.

 
Com a palestra da Cintia me ficou tudo muito claro:

a) - ninguém nasce escritor;

b) - isso de querer embelezar a escrita para se mostrar culto é pura bobagem;

c) - as palavras devem ser cuidadosamente escolhidas, pois existem para indicar poucas coisas;  

d) - as dificuldades enfrentadas na elaboração de um texto são iguais a qualquer dificuldade na vida;

e) - não seja precipitado pensando que um texto está pronto logo na primeira escrita;

f) - é necessário um trabalho meticuloso nas escolhas das palavras que serão empregadas.

Se estiver pensando em escrever ou até criar um blog, tenha sempre em mente que "O que é escrito sem esforço é lido sem prazer." - Samuel Johnson. 

Comentários

Eu no blog escrevo direto, não faço rascunho, por isso q muitas vezes é uma m...,kkkkkkkk
abraço e ótimo fds!!
ah, plagiar tcc, não, dá, minha amiga tentou e reprovou,rsrsrs
simone disse…
Sempre passo p aqui, anônima, mas dp que vi o que vc falou sobre "como me ficou claro" entendi pq gosto de sua escrita e resolvi me manifestar. Grande abraço.
Respondendo à Simone
Comentários como o teu são sempre um grande apoio, Simone. Continue...
Mario

Postagens mais visitadas deste blog

O MANEZINHO E O COLEIRINHA

FLORES DE MAIO

TRABALHANDO EM BELÉM II