O OUTRO LADO

Fonte: Google

Mais 4 UPS (Unidade Paraná Seguro), foram implantadas em Curitiba.

O local escolhido: Cidade Industrial, nas vilas Verde, Sabará, Caiuá e Nossa Senhora da Luz. Essas comunidades, incrustadas na CIC, têm aproximadamente 42 mil habitantes. O total de moradores da Cidade Industrial de Curitiba, representa 10% da população da capital, com 172 mil habitantes e é o bairro que possui os mais altos índices de violência (mortes, assaltos, roubos, tráfico).

Nos quatro locais escolhidos a falta de segurança é tão grande que para garantir o sucesso da operação foram utilizados 1300 policiais.

O objetivo da ocupação: eliminar o tráfico, oferecer segurança à população, prender os traficantes, os bandidos e as pessoas que se encontram fora da lei e, posteriormente, implantar uma unidade de segurança no local.

Ocupações semelhantes já aconteceram nos bairros Uberaba e Parolim, onde dados estatísticos comprovam que as coisas ruins que ali aconteciam diminuíram significativamente. Hoje a população sente-se mais segura e os módulos policiais que foram implantados agem como anjos da guarda, fiscalizando e coibindo as coisas erradas.

Mas todos sabem que por ocasião da ocupação pelos policiais, nem todos os bandidos, traficantes, ladrões e fora da lei são presos. A maioria foge para outros bairros ou cidades vizinhas onde continuam praticando as mesmas irregularidades.

Comenta-se que em locais antes tranquilos, estão acontecendo roubos e assaltos à luz do dia.

Não restam dúvidas que o projeto das UPS é um programa interessante, que tem dado resultados e que a população deve apoiar, mas é necessário que seja visto este outro lado, pois cobrir um santo e descobrir outro não levará a lugar algum.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O MANEZINHO E O COLEIRINHA

FLORES DE MAIO

LEMBRANDO MINHA IRMÃ