DEPOIS DE BENTO XVI

 
A renúncia do Papa pegou o mundo de surpresa. Claro que não os que convivem nos salões e aposentos do Vaticano, estes já esperavam e,  provavelmente,  fizeram de tudo para que isso acontecesse.
 
Enganam-se os católicos mais devotos pensando que dentro da Igreja Católica não existe disputa. Existe e sempre existiu. Disputas históricas como a que culminou com a eleição e imediata morte de João Paulo I (Albino Luciani), só para lembrar um fato recente e até hoje não explicado.
Essas, muitas vezes, ferem os princípios por Ela própria defendidos.
Os adeptos de Ratzinger – numa análise rápida e superficial - terão que concordar que o reinado de Bento XVI foi muito tímido e com grandes debandadas de adeptos. No Brasil, o número de católicos caiu e o de evangélicos aumentou.
Talvez, em consequência da agitação vivida no reinado de João Paulo II. o Alemão não conseguiu imprimir o mesmo ritmo do Polonês.
Tem-se a impressão que o Papa demissionário não conseguia gerir o Vaticano e essa foi a causa principal de sua desistência.
 
Agora, já como um Papa que abdicou e se prepara para viver seu isolamento - ainda não muito claro - suas palavras parecem mais fortes que antes. Talvez sem imaginar nas consequências - surpreso com a recepção que teve por parte dos fiéis - está abrindo um caminho que provavelmente será bem aproveitado pelo seu sucessor. Sobre a cruzada da renovação necessária e urgente, o futuro Papa começará com toda a força. Bento XVI sabia da necessidade de renovação, mas não conseguiu fazê-la, seus pronunciamentos posteriores abrem caminho para que se concretize.
 
Sobre o assunto - se nos debruçarmos nas profecias de Nostradamus e Malaquias - o Sucessor de Bento XVI - descrito pelo primeiro como a "Águia" e pelo segundo como a "Glória da Oliveira" - será o último Papa da Igreja Católica Romana. Será chamado de Pedro, o Romano e seu mandato se estenderá até 2024. Depois virá o "Grande Julgador" (Hercólobus ou Slo), prevendo o "Fim dos Tempos". 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O MANEZINHO E O COLEIRINHA

FLORES DE MAIO

TRABALHANDO EM BELÉM II