NÃO VAI PRECISAR DE LEI

Nas cidades grandes, nas pequenas, nas escolas, no campo; em quase todos os lugares, já é possível presenciar pessoas utilizando-se da maconha e outros entorpecentes.  Num canto qualquer, num banco de praça, nas areias da praia, nos carros que circulam pelas cidades, em casas abandonadas, pelas ruas e avenidas; enfim, em quase todos os lugares, vê-se o fácil e descontrolado consumo.  Parece um fenômeno nacional com o qual a população está se acostumando. Esse uso constante e em qualquer lugar, vai introduzindo o hábito e gerando a normalidade.

A continuar essa triste sistemática da concordância, no Brasil não será necessária a criação de uma lei como aconteceu no Uruguai e outros países afora. Falta oposição, resistência ao brasileiro. O governo, pouco ou quase nada faz para acabar com o trafico. Limita-se a divulgar esporádicas e fantásticas apreensões de forma estrondosa nos jornais, rádios e televisão. As igrejas parecem pouco se interessar, não fazem mais aquela pressão de antigamente, com medo de perder adeptos. Estão quase coniventes.

Quem poderia refrear essa disparada? Os que por princípio estão encarregados da ordem e da vigilância pouco ou quase nada fazem. Criaram uma máscara que, propositalmente, lhes proporciona um ofuscamento da visão e da vontade. Enquanto isso, o desleixo, a falta de ação, o medo do enfrentamento vai “idiotizando”, indistintamente, todas as camadas da sociedade brasileira.

Os prejuízos são incalculáveis. Pessoas que poderiam ajudar na construção de suas famílias, cidades, estados ou do país; tornam-se inválidos, dependentes da ajuda de todas as instituições. Esmolam pelas ruas, abandonam os bancos escolares, ocupam lugares em hospitais, lotam os centros de tratamentos de drogados, desmancham a célula familiar.


Acho ainda que nem “tudo tá dominado”, mas que abram o olho os responsáveis! Acredito que nossos governantes jamais aprovariam uma lei que institucionalizasse o consumo da maconha, mas, pela índole do nosso povo, a gente acaba se acostumando com aquilo que é praticado no dia a dia. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O MANEZINHO E O COLEIRINHA

FLORES DE MAIO

LEMBRANDO MINHA IRMÃ