DOEU


Escandalizou-se a classe política com o pronunciamento de Joaquim Barbosa. Deputados e senadores, principalmente os do lado do governo, excomungaram o Presidente do Supremo por causa de suas declarações.

Realmente doem as palavras, ainda mais quando elas fazem uma análise crua da situação.
Não deixam de ser observações reais e verdadeiras. 
Os deputados e senadores situacionistas fazem o que a Presidente quer. E se não fizerem não recebem nenhum apoio do governo federal. Não adianta querer dizer o contrário, porque ninguém acredita. Estão na Câmara Federal e no Senado simplesmente para dizer amém aos projetos que vêm do Executivo, simulam acontecimentos para fazer de conta que vivemos uma democracia.

É certo que o País precisava melhorar e atualizar a administração portuária, mas está totalmente errada a maneira utilizada para implantar essa modernização. Os parlamentares receberam as coisas prontas, imposto tudo goela abaixo. A determinação: “aprovem do jeito que está!”

A oposição só esperneou. Gritou. Condenou a forma utilizada, sabendo que não poderia fazer nada.  E se estivessem do outro lado, fariam a mesma coisa que os situacionistas fizeram.

Agora, utilizando-se das palavras do Presidente do Supremo, dão pronunciamentos afirmando que nada do que Joaquim Barbosa disse atinge os políticos da oposição.
Deviam concordar e apoiar, dizendo que é a mais pura verdade.

A coisa é assim mesmo. Democracia e liberdade se defendem quando se está fora do governo. Tornou-se situação as coisas são feitas a ferro e fogo. 
Venha a nós o vosso reino, o resto que se dane! 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O MANEZINHO E O COLEIRINHA

FLORES DE MAIO

LEMBRANDO MINHA IRMÃ