MIERDAS DE PERROS

A cidade de Madri é linda e enorme.
A sua parte central tem ruas largas e organizadas. Praças por todos os lados e todas muito imponentes.
Não há edifícios altos, giram em torno de quatro a seis andares, em sua maioria numa tonalidade marrom, por causa das suas paredes com tijolos expostos.
Não existem quase congestionamentos de carros, porque há um sistema de transporte coletivo muito eficiente.
Tem um metrô novo e ramificado por todos os lados da cidade (em sua maioria subterrâneo), que transporta a população sem quase nem ser percebido a movimentação.
O sistema de ônibus coletivo é super eficiente e também o trem que anda numa velocidade impressionante, ligando a capital com as outras cidades do país e da Europa.
E são três milhões e duzentos mil madrilenos, sem contar o exagerado número de turistas que visitam a cidade todos os dias.
O aeroporto de Madri/Bajaras está totalmente reformado, com uma ampliação que prioriza a empresa aérea espanhola Ibéria.
Mas o que torna incompreensível nessa cidade tão organizada, são as "mierdas de perros". Contam que é assmbroso o número de cachorros que vivem nos apartamentos, fazendo companhia a seus donos.
Por isso, também é enorme o número de cães pelas ruas de Madri, levados pelos seus senhores e senhoras para passear e fazer as suas necessidades.
E eles fazem pelas calçadas e parques sem que haja muita preocupação com recolher as fezes.
As consequências todos imaginam. Em certos lugares sente-se o cheiro dos excrementos e num passeio normal, dificilmente se escapa de pisar em alguma coisa.
Leva-se para as casas ou apartamentos as recordações das ruas e praças de Madri.

Comentários

Cláudia Tavares disse…
Assino embaixo meu sogro! Essa história de "mierdas de perros" é mesmo horrível! De resto, é mesmo uma bela cidade.

O senhor perdeu a feira de livros que fomos hoje. Foi lá no parque do Retiro e durou uns 15 dias! Algo jamais visto por nós, em local público. Mais de 300 estandes com livrarias e editoras. O senhor iria se perder, entre livros e "mierda de perros"!rs
fausto_amadigi disse…
E são perros grandes. O que mais me impressiona é que são passivos, passivos. Do tipo que não latem nem mordem...

Postagens mais visitadas deste blog

O MANEZINHO E O COLEIRINHA

FLORES DE MAIO

LEMBRANDO MINHA IRMÃ