PENSAMENTOS

Lendo o livro: Da sabedoria clássica à POPULAR, de Jacir J. Venturi - Curitiba: Unificado, 2008, encontrei alguns pensamentos que achei interessantes:

- " O oposto do amor não é o ódio, mas a indiferença." (Érico Veríssimo)

- "Uns nasceram para o martelo, outros para a bigorna". (Voltaire)

- "Pessoas idosas dão bons conselhos, pois não conseguem dar maus exemplos". (Chiste Popular)

- "Coração é terra que ninguém pisa." (Citação de Hélio Congro)

- "Se queres ser bom juiz, ouve o que cada um diz." (Anexim popular)

- "Que Deus me proteja dos meus amigos. Dos inimigos, cuido eu." (Voltaire)

- "A gente não envelhece de todo. Fica sempre um pouco de mocidade nas meninas de nossos olhos." (Anônimo)

- "O mundo não está interessado nas tempestades que encontraste. Quer saber se touxeste o navio." (William McFree - escritor inglês)

- "No fim, tudo dá certo. Se não deu, é porque ainda não chegou ao fim." (Fernando Sabino)

- A natureza deu ao homem um céreboro e um pênis, mas insuficiente sangue para fazê-los funcionar simultaneamente." (Sabedoria popular)

- "As mulheres foram feitas para serem amadas e não compreendidas." (Oscar Wilde)

- "Muitas vezes quando se promove um bom sargento a general, perde-se um bom sargento e ganha-se um péssimo general." (Napoleão Bonaparte)

- "Não queime pontes. Você ficará surpreso ao descobrir quantas vezes terá que atravessar o mesmo rio." (Autor anônimo)

- "Onde entra sol não entra doença." (Anexim árabe)

- "A primeira metade de nossas vidas é arruinada por nossos pais e a segunda por nossos filhos." (Clarence Darrow - advogado americano)

- "Cada vez que nomeio alguém para um cargo, crio dez descontentes e um ingrato." (Luís XVI - rei francês)

- "A distância mais longa é entre a cabeça e o coração." (Thomas Merton)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O MANEZINHO E O COLEIRINHA

FLORES DE MAIO

LEMBRANDO MINHA IRMÃ