POLUIÇÃO VISUAL E SONORA

Estamos expostos a maior agressão que já senti e presenciei. Andar pelas principais avenidas e ruas de Curitiba é se expor a uma poluição de cartazes e bandeiras de candidatos que se misturam brigando por espaço e lugares estratégicos.
Os carros de sons que percorrem essas mesmas ruas, ultrapassam em muito os "decibéis" permitidos por lei.
Diante disso tudo, me pergunto se essa agressão consegue angariar votos.
No meu entedimento, só prejudicam, irritam, tornam os candidatos cada vez mais antipáticos.
Vejo apenas uma coisa de positivo: permitem um dinheirinho extra aos chamados "cabos eleitorais" que passam o dia todo segurando bandeiras e cartazes, mas com isso conseguem arrumar uma feira mais gorda.

Comentários

Poeta, vc tem razão, ontem mesmo tinha um caminhao impedindo q passássemos na via rápida,andava bem devagar e no meio da via, pensei, cara folgado, além de repetitivo atrapalha o trânsito, fora a altura do som...
ótima quinta!!
e obrigada novamente pelo presente!!
TEREZA FREIRE disse…
Mário, parece que todo o Brasil tornou-se uma coisa só. Esses absurdos acontecem nos 4 cantos do país. É impressionante como esses mesmos candidatos que dizem respeitar tanto o povo são capazes de proporcionar tanto incômodo ao seu eleitorado. Até mesmo o ponto positivo que você citou, pra mim, é duvidoso. Esse "dinheirinho" que dizem que vão pagar, para muitos deles, está prometido pra depois das eleições... claro que nunca vão ver a cor desse suor que vertem pelas ruas o dia inteiro. Sem falar que são pessoas extremamente arrogantes e mal educadas.
Beijos e obrigada pelo comentário lá no blog.
Juro que não tinha lido este post ainda e acabei blogando quase sobre o mesmo assunto: poluição visual causa poluição mental...kkkk
Anônimo disse…
Parabéns pela matéria-sobre poluições. A quem falta argumentos e presença física restam estas estratégias.Imagine como está nosso litoral. Na temporada,poluição sonora de turistas que pra lá se dirigem e agora a dos candidatos. Infeliz daquele que não tem como exemplo as formigas que jamais se cruzam sem se tocarem.
Anônimo disse…
Imagine todos estes recursos investidos em gente como a gente.

Premissa: pensamentos iguais/vidas diferentes

Postagens mais visitadas deste blog

O MANEZINHO E O COLEIRINHA

FLORES DE MAIO

LEMBRANDO MINHA IRMÃ