O PESO AUMENTANDO


A Secretaria da Educação do Paraná fez uma pesquisa interessante e preocupante. Concluiu que um quarto dos estudantes do Estado estão acima do peso ideal.

Os nossos jovens estão ficando “gordinhos”!

Isso não é bom. Uma série de doenças chegam juntos: diabete, problemas cardíacos, hipertensão arterial.
E, convenhamos - sem qualquer preconceito - pessoa gorda não é muito atraente!

A causa disso está condicionada a vários fatores: o consumo de frituras, refrigerantes, salgadinhos e doces. Também a falta de atividade física.

No Paraná já existe uma lei que proíbe o consumo desses tipos de alimentos, mas os alunos encontram com facilidade essa venda em barracas que se multiplicam nas imediações da escola.

O trabalho de conscientização que é feito nas escolas não está conseguindo resultados. Não consegue enfrentar a mídia que se utiliza de to-dos os meios possíveis divulgando e incentivando o consumo de produtos prontos, mais atraentes.

Curitiba, Maringá e Cianorte possuem os maiores índices de jovens acima do peso ideal: 27,3%, 27,2% e 27%, respectivamente.

Resultado da Avaliação:

- 2,3% dos alunos são magros demais;

- 72,2% dos alunos estão dentro da faixa normal de peso;

- 17% dos alunos estão com sobrepeso;

- 8% dos alunos são obesos.

O alerta está dado: a continuar, em dez anos teremos uma população obesa igual a que já existe nos Estados Unidos.

Comentários

SERGIO FERREIRA disse…
Com tantos "fast food", Mc, Habibs, King's e tantos outros, não vai demorar e estaremos no mesmo patamar dos norte-americanos. Lamentável.
É que muitos brasileiros pagam tanto pau pros norte-americanos q querem imitá-los tb na obesidade, nas frituras e nos "fastoods" da vida,rsrsrs!
bjoo !!
sobre o meu post de ontem,
mas tenha medo do lado de lá não, eu já tive algumas experiências e embora alguns cientistas impliquem, outros já comprovaram, a morte não existe.

Postagens mais visitadas deste blog

O MANEZINHO E O COLEIRINHA

FLORES DE MAIO

TRABALHANDO EM BELÉM II