ATRAÇÃO

Chegou desconfiado...
Observou as coisas demoradamente:
de norte a sul,
de leste a oeste,
com o maior cuidado.

Arriscou um olhar fortuito,
sentiu a primeira afinidade,
numa magia que atrai e escraviza.

Não demorou, nem foi difícil,
trilhar os novos caminhos.
Deixaram-se explorar em todos os pontos cardeais.

Passaram a sentir felicidade,
o que faltava nele,
estava nela,
misturadas as energias
veio o encantamento,
sentiu-se o gozo,
felicidade duplicada,
incontroladas alegrias,
desregrado contentamento...
propósito mútuo:
seria assim
até o fim!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O MANEZINHO E O COLEIRINHA

FLORES DE MAIO

LEMBRANDO MINHA IRMÃ