UM NOVO MÉTODO

Domingo pensei num almoço diferente.
Fui a um supermercado e comprei 500 gramas de filé de robalo. Daria para duas pessoas sem qualquer problema.
A Lu faz um peixe ao forno invejável.

Pus para descongelar e por causa do frio, demorou bem mais que o normal. Não gosto de fazer isso utilizando o micro ondas, nem de qualquer outro meio que agilize o processo.

Conforme o gelo ia sumindo, sumia o filé também. No momento que terminou o descongelamento, a carne se desfazia de mole e deduzi que não havia meio quilo de peixe naquela porção dão reduzida. Pasmem: pesou 385 gramas.

Cheguei a uma triste conclusão: estamos sendo roubados por todos os lados. Roubados no peso, nos caixas, na ilusão das liquidações, na descrição dos produtos, na péssima qualidade, na validade, enfim, onde podem obter lucros lançam mãos sem receio nem escrúpulos.

Poucos percebem isso. Os que reclamam são acalmados com pedidos de desculpas e devolução de dinheiro que é feito sempre por pessoas treinadas para mostrar que o consumidor está certo e acalmá-lo. Mas são raros os que fazem isso.

O setor encarregado da fiscalização parece desconhecer o problema.

Comentários

MULHER DE FASES! disse…
SÓ FALTA ROUBAREM NOSSA ALMA...
ABÇO MARIO E ÓTIMO TRABALHO!!
AH ADORO PEIXE!
fatenp disse…
Grande Mário,

Vem comer o peixe em Florianópolis e ver o nosso AVAIIIIIIIIIIIII,

Abs,
Alvaro
fausto_amadigi disse…
Isso é o que podemos LITERALMENTE chamar de "liquidação"... hahaha

Postagens mais visitadas deste blog

O MANEZINHO E O COLEIRINHA

FLORES DE MAIO

LEMBRANDO MINHA IRMÃ